[Vídeo] Manifestação “pela educação” teve discurso até de Gleisi Hoffmann, líder do PT

[Vídeo] Manifestação "pela educação" teve discurso até de Gleisi Hoffmann, líder do PT
Gleisi Hoffmann em manifestação “pela educação”. Reprodução: Google

A última quarta-feira (30) de maio foi marcada por novas manifestações pelo Brasil, mas dessa vez não em prol das reformas econômicas e administrativas de que o país necessita para voltar a crescer, mas pela educação universitária e escolar. Pelo menos foi essa a ideia divulgada pelos organizadores do ato.


Na prática, todavia, o que se observou nas ruas foi muito além de pautas pela educação. Sindicatos, professores e líderes partidários promoveram um verdadeiro comício fora de época contra o atual governo, com direito à boneco do presidente Jair Bolsonaro sendo queimado e esfaqueado, uma cena que claramente fez apologia ao crime de violência.

A própria líder do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann, discursou na manifestação para um grupo de pessoas, não contra questões relativas à política voltada para a educação, mas contra a pessoa do presidente Bolsonaro, o qual foi classificado por ela como “miliciano”.


“Nós temos que dizer bem alto para esse Bolsonaro miliciano, que até agora não explicou a morte de Marielle, e que governa seu governo com milícias, com ódio, como violência, nós não temos medo de você”, disse a presidente do PT.

O escritor e teólogo Franklin Ferreira, autor da obra “Contra a Idolatria do Estado”, observou em suas redes sociais que “os manifestantes pediam também ‘Lula livre’, descriminalização da maconha, apoio à Palestina, volta do imposto sindical, fim da Polícia Militar e rejeição da reforma da previdência”, reforçando o caráter meramente político do ato.

O autor também destacou que a grande mídia não fez a cobertura como deveria dos protestos, uma vez que ficou evidente a motivação partidária dos organizadores. “Nada disso você verá na Globo, que é incapaz de problematizar pautas que são significativas para o país”, disse ele.

Assista abaixo: