Psicóloga diz que “meditação cristã” pode prevenir problemas como a depressão

Marisa Lobo sobre meditação cristã

A psicóloga, escritora e palestrante Marisa Lobo, autora do livro “A Ideologia de Gênero na Educação”, “Famílias em Perigo” e “Como Fazer do seu Filho uma Criança Feliz”, entre outros, fez uma publicação recente comentando sobre a relevância da meditação no combate à depressão e à ansiedade.

Marisa, que é bastante conhecida por atuar no meio cristão, palestrando sobre temas relacionados ao suicídio, depressão, sexualidade e família, destacou que a meditação de forma geral é benéfica para todos. “Meditar é muito bom. São comprovados, cientificamente, também seus benefícios, principalmente, no alívio da ansiedade”, afirmou.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

O aspecto religioso, no entanto, associado à prática de meditar, segundo a psicóloga, possui mais eficiência, certamente pelos ingredientes emocionais envolvidos na prática. Vivendo no Brasil, um pais onde 86,7% da população é cristã, segundo o IBGE, a psicóloga cita a fé cristã como exemplo.

“Reservar um tempo para silêncio e meditação da palavra de Deus, perceber o que ele quer de nós, mergulhar na sua história, nos seus feitos, nas suas promessas é um “desestressador”, pois alivia as angústias na mente e no corpo. Há várias maneiras de meditar, mas a meditação a partir da palavra de Deus produz muitos significados positivos que nos ajudam a fortalecer a mente e os sentimentos para caminhar”, diz Marisa.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

A psicóloga cita como um dos seus fundamentos o Dr. Jon Kabat-Zinn, diretor da Clínica de Redução de Estresse no Centro Médico da Universidade de Massachusetts, mencionando um artigo publicado originalmente no diretório internacional Psichology Today, onde a “meditação cristã” é abordada como um método eficaz em saúde mental.

“A meditação nos faz entender nossas angústias, e aceitar o propósito delas. Nós movemos as angústias, as ansiedades ou dor e começamos a olhar para elas para perceber a reação da mente e para deixar ir essa reatividade”, pontua Marisa em seu artigo para o Pleno News.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

“A meditação em Cristo tem poder de curar doenças, conflitos mentais, quando nos alerta, nos instrui, nos capacita, nos fortalece, como pessoas, em nosso corpo e alma. Entender o que acontece, entender o como, os porquês, alivia o stress da alma, e isso nos dá paz e entendimento”, conclui a psicóloga.